logo Economia Do Dia

logo Economia Do Dia

Conteúdo de economia e finanças para o seu dia a dia. Informação sem doutrinação.


Facebook Spotify Instagram YouTube

Artigo

Publicado em 21/05/2020 às 01:59:56

COPOM

Entenda como funciona o Comitê de Política Monetária e qual a sua relação com a taxa SELIC e com as Metas de Inflação.

Provavelmente você já escutou falar nessa sigla em algum momento...

Mas por que o COPOM é tão importante e como suas decisões podem influenciar a economia brasileira e os seus investimentos?

Bom...antes de mais nada, é preciso entender que o COPOM, ou Comitê de Política Monetária, é um órgão do Banco Central criado em 1996 cuja atuação impacta diretamente a economia brasileira.

Isso porque o COPOM é o órgão responsável pela definição da taxa de juros no Brasil.

Mas quem são os membros desse Comitê tão importante?

  • Presidente do Banco Central
  • Diretor de Administração;
  • Diretor de Política Econômica;
  • Diretor de Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos;
  • Diretor de Fiscalização;
  • Diretor de Organização do Sistema Financeiro e Controle de Operações do Crédito Rural;
  • Diretor de Política Monetária;
  • Diretor de Regulação;
  • Diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania.

A taxa de juros fixada na reunião do Copom é a taxa SELIC, a qual vigora por todo o período entre reuniões ordinárias do Comitê.

 

Selic 2

 

Atualmente, as reuniões ordinárias do COPOM acontecem 8 vezes ao ano, em intervalos de 45 dias e são compostas de duas sessões que ocorrem no decorrer de dois dias.

Confira abaixo o calendário de reuniões do COPOM em 2020:

  • 4 e 5 de fevereiro;
  • 17 e 18 de março;
  • 5 e 6 de maio;
  • 16 e 17 de junho;
  • 4 e 5 de agosto;
  • 15 e 16 de setembro;
  • 27 e 28 de outubro;
  • 8 e 9 de dezembro.

Além do Presidente e dos Diretores do Banco Central, participam da primeira sessão da reunião os chefes dos seguintes departamentos do Banco Central: Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos (Deban), Departamento de Operações do Mercado Aberto (Demab), Departamento Econômico (Depec), Departamento de Estudos e Pesquisas (Depep), Departamento das Reservas Internacionais (Depin) e Departamento de Assuntos Internacionais (Derin). A primeira sessão dos trabalhos poderá contar, ainda, com a presença de outros servidores do Banco Central, quando autorizados pelo Presidente.

No primeiro dia das reuniões, os chefes de departamento apresentam uma análise técnica de conjuntura abrangendo inflação, nível de atividade, evolução dos agregados monetários, finanças públicas, balanço de pagamentos, economia internacional, mercado de câmbio, reservas internacionais, mercado monetário, operações de mercado aberto e expectativas gerais para variáveis macroeconômicas.

Já no segundo dia da reunião, além dos membros do Copom, participa, sem direito a voto, o chefe do Depep, que realiza apresentação técnica contendo avaliação prospectiva da inflação. Em seguida, os membros do Copom, com base na avaliação do cenário macroeconômico e dos principais riscos associados, deliberam, por maioria simples de votos, a meta da Taxa Selic.

Após o término do segundo dia de reunião, a partir das 18h, são divulgadas as decisões do Copom. As atas, em português, são divulgadas às 8h da terça-feira da semana posterior a cada reunião.

Clique aqui para conferir a ata da última reunião do COPOM

Formalmente, além de definir a meta da taxa SELIC, o COPOM também deve divulgar o Relatório de Inflação a cada final de trimestre civil (meses de março, junho, setembro e dezembro). Com base nestes estudos, é possível estabelecer diretrizes para a política monetária.

É importante mencionar que desde junho de 1999, de acordo com o Decreto n0 3088, a diretriz da política monetária brasileira passa a adotar as “metas de inflação”.

Isso significa que a partir dessa data, as decisões do COPOM passam a ter como principal objetivo o cumprimento das metas de inflação, definidas pelo Conselho Monetário Nacional.

Repare que a implementação da política monetária influencia fatores importantíssimos como a oferta de moeda, a concessão de crédito e o poder de compra dos cidadãos.

Resumindo, as decisões do COPOM impactam diretamente a economia brasileira e é fundamental que consigamos compreender sua atuação e objetivos.

Conseguiu tirar todas as suas dúvidas neste artigo?

Se você gostou e quer saber mais sobre outros assuntos interessantes de economia e finanças, inscreva-se no nosso site e siga o Economia do Dia nas redes sociais! 

Publicado por

Frederico Nobre

Frederico Nobre

Frederico Nobre é economista (UFRJ) e especialista em investimentos certificado ANBIMA.

LinkedIn

Publicado em 21/05/2020 às 01:59:56

Compartilhe

Veja Também

Comentários

Simulados Simulados

Detalhes

CPA-10: Módulo III

Tempo limite: 20 minutos.

Teste seus conhecimentos sobre noções de economia e finanças.

Detalhes

CPA-20: Módulo III

Tempo limite: 25 minutos.

Teste seu conhecimento sobre Princípios Básicos de Economia e Finanças .

Detalhes

CPA-10: Módulo IV

Tempo limite: 20 minutos.

Teste seus conhecimentos sobre princípios de investimento.

Detalhes

CPA-10: Módulo VII

Tempo limite: 20 minutos.

Teste seus conhecimentos sobre previdência complementar aberta (PGBL e VGBL)

Detalhes

CPA-20: Módulo VI

Tempo limite: 25 minutos.

Teste seu conhecimento sobre Previdência Aberta - PGBL E VGBL

Detalhes

CPA-10: Módulo II

Tempo limite: 20 minutos.

Teste seus conhecimentos sobre ética, regulação e análise do perfil do investidor.

Whatsapp

Caso tenha qualquer dúvida ou queira saber mais sobre nossos produtos e serviços, entre em contato conosco pelo whatsapp!

Número: +55 21994446892